A influência dos pais na alimentação infantil

A influência dos pais na alimentação infantil

A influência dos pais na alimentação infantil

A nutricionista Graziela Siqueira, que atende no Bella, fala pra gente sobre a influência dos pais na alimentação infantil:

A formação dos hábitos alimentares começa muito antes do que se imagina. Quando um casal deseja engravidar, o ideal é já iniciar com uma alimentação e estilo de vida mais saudável.

Essa atitude influencia geneticamente na formação do embrião, contribuindo contra os fatores de risco para o desenvolvimento de possíveis complicações, como a Diabetes Mellitus, a hipertensão arterial, a obesidade e o câncer.

Uma boa alimentação também causa reflexos no bebê dentro do útero e na amamentação, pois o líquido amniótico e o leite alteram o sabor de acordo com que a mãe mais come naquele dia. Isso pode favorecer uma melhor aceitação dos alimentos na fase da introdução alimentar, que acontece a partir dos 6 meses de vida.

Já na fase de compartilhar a mesma comida da família à mesa, o que mais influenciará será o exemplo dos pais. As crianças imitam os adultos em gestos, palavras e atitudes. Por que não imitariam com a alimentação Vale a reflexão.

Lembrando que comida não é punição nem recompensa. Não adianta oferecer algo em troca para que determinado alimento seja aceito pela criança. Isso atrapalha a relação que ela terá com a comida para o resto da vida, tanto em qualidade como em quantidade dos alimentos.

Todas as crianças possuem uma autorregulação que controla a saciedade e a fome e isso deve ser respeitado para que essa relação com a comida seja amistosa e gentil.

Para mais informações úteis e práticas sobre gestação e maternidade, oferecemos um curso online completo, com tudo que precisa para a chegada do seu filho. Acesse aqui 😉


share